Nosso trabalho no Canadá

Olá pessoal, como vocês estão?

Hoje trouxemos um vídeo com tema muito pedido por vocês: nosso trabalho no Canadá

Quem nos acompanha sabe que viemos para o Canadá para 1 ano de intercâmbio, por um programa (que não existe mais) de estudo de inglês em 6 meses + visto de trabalho para prática do inglês.

Em abril finalizamos os 6 meses contratados de escola e depois disso passamos à busca de emprego.

Para quem pergunta se é fácil ou não conseguir emprego, nossa resposta será: depende do seu nível de inglês, de networking e também de um pouco de sorte. No nosso caso, o inglês ainda é um desafio pois ainda temos muito o que aprender, mas o networking e a sorte deram uma ajudinha.

Graças a Deus a busca por emprego não foi tão complicada e após 1 semana já estávamos empregados. Não posso dizer que isso acontece com todo mundo. Conhecemos pessoas que ficaram meses procurando e mesmo assim não conseguiram um emprego em suas áreas. Como dissemos, é preciso um pouco de sorte também, por isso, ter uma reserva de dinheiro guardada é muito importante já que ninguém sabe em qual situação se encontrará, na de sorte ou azar.

No vídeo contamos em quais áreas trabalhamos aqui na Canadá e em quais somos formados e trabalhávamos no Brasil.

Esperamos que gostem do vídeo. Se tiverem alguma dúvida, deixem suas perguntas na parte de comentários.

Até mais!

Maior parque de diversões do Canadá e a 7ª maior montanha russa do mundo!

E aí pessoal, como vocês estão?

O vídeo dessa semana é sobre um lugar muito especial que conhecemos esse mês: Canada’s Wonderland.

Nas outras vezes em que viemos ao Canadá não conseguimos ir até lá porque as temperaturas não estavam favoráveis, mas dessa vez fizemos questão de ir e graças a Deus escolhemos um dia de sol maravilhoso!!

O Wonderland é um parque de diversões muito grande (o maior aqui do Canadá) e, apesar das pessoas acharem que ele é mais voltado ao público jovem por seus brinquedos mais “radicais”, na verdade, ele possui atrações para toda a família se divertir.

Nós compramos os ingressos pelo próprio site do Wonderland (acaba saindo mais barato do que comprar na portaria) e é super conveniente. Os ingressos para nós dois saíram em torno de CAD115,00 já com as taxas.

Para chegar ao Wonderland achamos bem fácil. Existe um ônibus especial que sai da estação de metrô York Mills e passa também pela estação Yordale. Esse ônibus é da Go Bus e pagamos $11,00 por um passe para o dia inteiro (ida e volta). O ônibus é super confortável (como ônibus fretados sabem?), sai a cada 30 min ou 1 hora dessas estações (dependendo do dia e horário) e chegamos em cerca de 3o minutos ao parque.

Uma dica bem legal para quem odeia tumulto e filas longas como nós, é chegar ao parque bem cedo. Ele abre às 10 da manhã e fecha às 10 da noite. Chegando no primeiro horário você consegue ir em várias atrações porque o parque ainda não está cheio. Por volta das 13:00 ou 14:00 o parque já começa a encher, mas aí jã deu para você ir em várias atrações e pode até ir almoçar ou descansar um pouco. O interessante é que fomos embora por volta das 16:00 e ainda estava chegando muita gente (lembramos que existem ingressos mais em conta para quem vai no final da tarde…talvez esse também seja um motivo).

Dica também muito importante: leve protetor solar! Só quando chegamos em casa é que nos demos conta o quanto havíamos queimado no sol naquele dia. Não esqueça também de beber bastante água para não desidratar. Apesar das pessoas não acreditarem muito, o verão do Canadá é muito, mas muito quente! Nesse dia as temperaturas estavam na casa dos 30°C, com sensação térmica acima de 35°C, ou seja, muito calor!!

Logo na entrada do parque existem lockers para você guardar suas coisas e consiga ir em vários brinquedos tranquilamente. Nós pagamos CAD$15,00 pelo locker menor (padrão) que cabe 2 mochilas médias, mas existem lockers maiores também.

O primeiro brinquedo que fomos foi o mais “disputado” do parque (esse foi o motivo de termos escolhido ir nele primeiro também, já que indo mais tarde provavelmente a fila estaria bem maior): é o Leviathan, a maior montanha-russa do Canadá e a 7ª maior do mundo. Gente, eu (Cris) não gosto de montanha-russa, mas o Leo insistiu tanto para eu ir que fui e posso dizer que praticamente morri lá em cima hahahaha Essa montanha-russa é conhecida também por ter um angulação tão acentuada que proporciona a “maravilhosa” sensação de uma queda brusca, praticamente na vertical, ou seja, a impressão é que você vai dar de cara no chão. O Leo dá risada mas a verdade é que enquanto estive lá, a sensação é que minha alma tinha se desprendido do meu corpo hahahahaha

Existem outras montanhas-russas por lá, de “diferentes graus de emoção” (rs) e fomos em várias. Apesar de não gostar muito, tenho que confessar que elas são muito bem planejadas, organizadas e para quem gosta, são atrações imperdíveis.

Mas nem só de montanha-russa o Wonderland vive! Ele possui muitas outras atrações bem legais. Umas mais radicais, outra menos. Por isso, ele é frequentado por toda a família. Existe uma área bem grande destinada apenas às crianças e confesso que amamos (é a área do Snoopy e sua turma).

O parque também tem uma área bem legal de atrações aquáticas, por isso, leve roupa de banho e acessórios porque se o dia estiver quente certamente você vai querer aproveitar um pouco.

Bom, o parque também conta com algumas opções para alimentação (um restaurante estilo rodízio, barracas de hot-dog, pizzarias, etc).

Eu achava que não iria conseguir aproveitar muito o Wonderland porque não sou uma pessoa que gosta de coisas radicais, mas tenho que admitir que adorei!! O Leo nem se fala….

Infelizmente o parque só é aberto durante primavera (parte dela), verão e outono (parte dele), mas certamente iremos outras vezes se tivermos oportunidade (não é à toa que existe a possibilidade de passe anual, em que você pode ir quantas vezes quiser ao longo do ano, já que o parque muito grande e é bem difícil de aproveitá-lo em um dia só).

Bom, a seguir mostramos algumas das atrações que fomos. Esperamos que gostem!

Até mais!

 

Um dos parques mais bonitos que já fomos + Jardim Botânico

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje viemos dar uma dica de passeio em Toronto que foge um pouco do tradicional.

Pelos nossos posts/vídeos vocês já devem ter percebido que adoramos passear nos parques. Acho que esse contato com a natureza, a tranquilidade e as belas paisagens dos parques de Toronto é que repõem nossas energias para poder trabalhar, estudar, fazer tarefas domésticas, etc. Para quem é de SP (como somos), é difícil esse acesso à natureza em diversas localidades da cidade, então quando viemos para cá simplesmente ficamos encantados e descobrimos que nosso maior hobby é conhecer novos parques, tirar centenas de fotos, esticar uma toalha e descansar ali mesmo com um picnic improvisado rs.

O parque mais famoso de Toronto certamente é o High Park e ele é lindo. Já mostramos alguns vídeos que fizemos por lá (Cherry Blossoms, Lago congelado e Outono no High Park), mas depois que conhecemos o Edwards Garden, a preferência pelo High Park pode estar abalada rsrs

O Edwards Garden abriga também o “Jardim Botânico de Toronto”. É um lugar lindo! O parque é bem grande e a quantidade de verde é assustadora. Em vários momentos você vai se sentir “andando no meio do mato” heheheh O parque também tem um riachinho maravilhoso (água beeem clarinha).  Encontramos diversos animais lá: vários tipos pássaros, coelho, esquilos e um chipmunk (uma pena não termos conseguido gravar esse último).

O parque conta com diversos banquinhos e muitas pessoas sentam lá para ficar estudando, já que o silêncio e a natureza privilegiam, claro, no entanto, como ele é muito grande tem espaço para fazer várias coisas. Vimos gente fazendo picnic, outras brincando, andando de bicicleta, etc. Ficamos na dúvida, entretanto, do que poderia ser feito ou não, porque havia uma placa falando que picnic e bicicleta eram proibidos, mesmo assim muitas pessoas estavam fazendo exatamente isso rsrs

No parque também encontramos algo que não tínhamos visto até então em Toronto:  uma máquina para doações. Lá você pode fazer sua doação para manter o parque e são aceitas várias formas de pagamento (cartão de crédito, dinheiro em papel, moeda, etc). A máquina imprime também um comprovante de pagamento. Achamos o máximo e fizemos questão de fazer uma doação (ainda que pequena) pois o parque realmente é lindo e merece continuar lá por muitos e muitos anos. No vídeo mostramos um pouco como funciona.

Ah, para entrar no parque você não paga nada!

Esperamos que gostem do vídeo. Não esqueçam de deixar o comentário de vocês falando sobre o que acharam desse parque também.

Um abraço, até mais!

 

Entrevista no blog Virei Canadense

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje viemos contar uma coisa super legal: na última semana saiu uma entrevista que demos ao blog Virei Canadense, da Mari Cimini, contando 3 coisas que aprendemos no Canadá.

Para quem não sabe, o Virei Canadense foi um dos blogs que líamos muito ainda no Brasil e que nos tirou várias dúvidas, além de ajudar no nosso planejamento de intercâmbio. Nós também seremos eternamente gratos à Mari que foi a pessoa que nos ajudou no momento em que mais precisamos assim que pisamos no Canadá ano passado. Dias depois também nos encontramos com ela, que foi super querida e nos deu várias dicas. Obrigada Mari!

DoseDupla_VireiCanadense

 

O que mais gostamos no blog dela são as dicas práticas, do dia a dia, por exemplo, como fazer o Ontario Photo ID (como se fosse no RG aqui em Ontario), como fazer carteirinha da biblioteca, como renovar passaporte estando no Canadá, etc. Essas dicas nos ajudaram demais e ficamos muito lisonjeados de poder dar uma entrevista a um dos nossos blogs inspiradores!

Esperamos que vocês gostem da matéria (clique aqui para ler)!

Obrigado também à Mari pelo convite!

Até mais!

 

 

 

 

Verão em Toronto | Passeio depois do trabalho

Olá pessoal, tudo bem?

Como já falamos anteriormente, estamos no verão e o calor tem sido de matar (acreditem!). Tivemos que sair correndo para comprar um ventilador porque não estávamos conseguindo dormir!! Nas 2 últimas semanas as temperaturas tem ficado entre 27 e 33 graus, com sensação térmica entre 30 e 37 graus!! Agora eu entendo porque muitas casas tem ar condicionado hehehehe às vezes nem o nosso ventilador dá conta.

No vídeo Um dia conosco – inverno e verão comentamos que as pessoas tentam curtir ao máximo essa época, já que ela passa rápido e daqui a pouco as temperaturas já começam a baixar novamente. Por isso, você verá muita gente indo direto do trabalho para algum parque encontrar a família/amigos e curtir o restinho do dia lá.

Como nós adoramos passear nos parques daqui, curtir a natureza acaba sendo nosso roteiro de verão. Quando chegamos do trabalho (por volta das 6 da noite – algo que jamais acontecia no Brasil) tomamos um banho rápido, comemos alguma coisa, colocamos nossas roupas mais fresquinhas e saímos para curtir a cidade até às 9 ou 10 da noite. Acreditem, dá uma boa revigorada e nos sentimos muito mais leves… é isso a tal “qualidade de vida” que todos falam do Canadá.

No vídeo de hoje mostramos um dia desses em que fomos passear depois do trabalho. Fomos ao parque aqui próximo de casa, demos uma “espairecida”, mostramos para vocês algumas curiosidades sobre parques daqui (como parquinho e chafariz para crianças e mini biblioteca gratuita), além de uma aparição surpresa no canal (quem será??? rs). Também mostramos algumas pessoas jogando um esporte bem parecido com o que nós jogávamos na rua quando éramos criança (taco, alguém se lembra?), algumas curiosidades das ruas, como as caixinhas para comprarmos o jornal do dia, entre outras coisas.

Não deixem de assistir e ver o motivo das pessoas amarem o verão por aqui…

Até mais

Jogos Pan-Americanos 2015 em Toronto

Oi pessoal, tudo bem?

Para quem não sabe, esse mês de julho foi muito especial aqui em Toronto, pois a cidade sediou os Jogos Pan-Americanos. Algumas pessoas aí do Brasil nos perguntaram como estava o “espírito de Toronto” e por isso resolvemos mostrar um pouquinho do que rolou por aqui.

Infelizmente não conseguimos acompanhar bem de perto e participar dos jogos, mas outros Youtubers/blogueiros aqui de Toronto (por exemplo, o pessoal do This is Canada e a Gaby no Canada) estiveram presentes em vários momentos bacanas, então vocês poderão conferir lá no canal/blog deles como foram os bastidores, ok?

De qualquer maneira, lógico que assistimos muitas coisas pela TV e acompanhamos as notícias pela internet também, torcendo bastante para o Brasil ficar em uma posição legal no quadro de medalhas. Só não assistimos mais porque não temos TV a cabo e a transmissão dos canais abertos privilegiava apenas apresentações dos atletas canadenses, mas conseguimos assistir algumas competições com participação do Brasil.

Acho que o dia mais emocionante foi o da Cerimônia de abertura dos jogos. Primeiro porque houve um show pirotécnico lindo na CN Tower e pudemos ver um pouquinho da sacada do nosso apartamento (nessa hora nos arrepiamos, pois estávamos assistindo pela TV e quando saímos na sacada, lá estavam os fogos. Nessas horas que cai a nossa ficha de que estamos aqui hehehe). No dia seguinte, também pudemos ir até a Nathan Phillip Square, que foi um dos principais espaços para shows e comemoração durante todo o Pan, com a chamada Panamania. Lá montaram também as letras gigantes formando a palavra TORONTO (que lembra o que existe em Amsterdam) e que serviu de palco para muitas selfies rsrs Também fomos visitar e ver bem de pertinho a tocha do Pan, que ficou acesa durante toda a competição e estava lá, aos pés da CN Tower.

Então no vídeo de hoje mostramos um pouquinho desses 3 momentos para quem está no Brasil ter uma idéia de como foi o PanAm, pelos olhos de quem está aqui em Toronto.

Em termos de organização, achamos que a cidade se saiu muito bem. Todas as estações de metrô e principais pontos da cidade estavam cheios de pessoas para dar informações, bem como distribuir mapas. Foram criadas rotas especiais de ônibus para chegar aos locais de competição. O metrô adesivou várias estações com informações sobre ônibus e formas de se chegar a esses locais também. Aliás, o próprio sistema de som do metrô foi modificado, informando quais estações davam acesso aos lugares de competição, além de até darem detalhes sobre qual lado do vagão as portas se abririam em cada estação (ajudando os turistas mais “desorientados espacialmente” hehehe). O metrô também modificou o horário de funcionamento. Normalmente, aos domingos, ele só abre às 9:00 da manhã e durante os jogos estava abrindo às 6:00 da manhã.

Com relação ao “clima” em que se encontrava a cidade, o que vimos era que em pontos turísticos a festa não parava! Muitos turistas (era só ver quem estava com mapa na mão e tirando foto rs). Teve um dia em que pegamos o metrô e pensamos que estávamos em algum país latino-americano, pois todas, eu disse TODAS as pessoas daquele vagão estavam falando espanhol. Vimos muita gente do Chile, Colômbia e Brasil. As temperaturas bem quentes que a cidade teve nesses dias também ajudou a animar ainda mais a festa.

Bom pessoal, foi um período bem bacana por aqui. Vamos sentir saudades… Então assistam o vídeo e confiram um pouco disso tudo que rolou por aqui. Esperamos que gostem! Até mais!

Brazilfest – Festival brasileiro em Toronto

E aí gente, tudo bem?

Bom, estamos no verão por aqui e confesso que nos surpreendemos como aqui é quente! Já tínhamos ouvido falar, mas até você estar aqui e sentir, não tem como imaginar como isso é realmente. Genteeeeeee!! Tem sido impossível deixar o ventilador desligado nesses últimos 3 ou 4 dias. As temperaturas tem ficado na média de 28 graus, mas a sensação térmica tem sido em torno de 35 até 38 graus!!

O legal é que nessa época de verão existem muitos eventos ao ar livre pela cidade e os parques ficam lotados. A cidade muda completamente nessa época!

Um dos eventos que aconteceu foi o Brazilfest, festival que contempla apresentações musicais brasileiras, comida típica, artesanato, etc. Fomos lá conferir e mostramos no vídeo para vocês um resumão do que vimos e o que achamos.

O festival começou às 11 da manhã e foi até às 11 da noite, ou seja, dá pra aproveitar muito! Nós ficamos apenas no período da tarde porque com o calor que estava iríamos fritar hehehe

O evento como um todo foi muito bom e ótimo para provarmos algumas comidas brasileiras que não comíamos há um tempinho (churrasco de picanha, brigadeiro e beijinho, hot dog brasileiro, tapioca, caipirinha, etc).

O único ponto ruim é que tudo era muito caro (a caipirinha era $8,00, 2 espetinhos e 2 cocas sairam por quase $20,00!), mas mesmo assim, valeu a pena, afinal, o festival acontece somente 1 vez por ano.

Esperamos que gostem do vídeo! Até mais!

Recomendação do blog pelo Canadá em Português

Oi pessoal, tudo bem?

Não sei se vocês sabem, mas o nosso hobby favorito desde 2014 tem sido assistir vídeos no Youtube. Assistimos vídeos de todos os gêneros, desde os que nos fazem rir muito, até os que são informativos e sérios. Uma coisa é certa: seguimos mais de 20 canais que falam (ou já falaram em algum momento) sobre o Canadá. Adoramos todos eles e um dia vamos fazer um vídeo só sobre isso para vocês, ok? O legal é que, apesar de todos terem um tema em comum (Canadá), cada um o aborda de uma maneira diferente e levando em conta experiências diferentes (um veio como estudante de inglês, outro de college, outro como residente permanente, outro está muitos há anos aqui, outros estão em diferentes cidades do país, enfim…) e acreditamos que todas as opiniões são super válidas porque você consegue unir esse quebra cabeça todo e aí a dinâmica do país fica muito mais clara em nossas cabeças.

Pois bem, um dos canais que seguimos é o Canadá em Português (clique aqui), do Bruno que mora em Montreal. Mas porque Montreal se estamos em Toronto? Nós sempre nos interessamos em saber as diferenças culturais entre as províncias e admirar as belezas desses lugares para, quem sabe um dia, podermos viajar, passear, enfim…conhecer outros lugares e o canal do Bruno mostra Montreal essas perspectivas muito bem! E eis que um belo dia estamos em nossa casa e vemos que o canal tem um vídeo novo. Ao assistirmos… tcharããããã é um vídeo do Bruno nos mencionando (além de vários outros que seguimos também). Ficamos bem contentes de sermos lembrados e agradecemos bastante ao Bruno por isso.

Há um tempo atrás fomos recomendados pelo canal do Canadá & Etc (clique aqui) e também entrevistados pelo blog da Gaby no Canadá (clique aqui). Gente, só temos a agradecer o carinho de vocês! Como dissemos anteriormente, acompanhamos todos os canais e saber que vocês nos acompanham também nos deixa super lisonjeados.

Obrigada ao Bruno, do Canadá em Português e a todos que nos querem bem! Sucesso a todos!

Dose Dupla Canadá

Cris e Leo

 

 

Um dia conosco no Canadá – inverno e verão

Oi pessoal, tudo bem?

Muitas pessoas nos perguntam como é nosso dia a dia aqui no Canadá. Nós sempre dizemos que é difícil definir. Primeiro porque quando chegamos só estudávamos e então tudo era baseado nisso. Fora que era inverno e a rotina nessa época acaba sendo bem diferente. Depois que nosso período de estudos finalizou, começamos a trabalhar e isso foi simultâneo à chegada do verão. Nossa rotina mudou totalmente.

Mas para “matar a curiosidade” de vocês fizemos um vídeo em que mostramos um pouquinho da nossa rotina enquanto estávamos estudando no inverno e depois quando começamos a trabalhar e já estava calor. Vocês vão entender quando dizemos que é totalmente diferente, não só porque deixamos de estudar para trabalhar, mas porque as estações do ano mudam completamente nossa rotina.

Esperamos que vocês gostem!

E se gostarem, não esqueçam de dar um “like” no vídeo para ajudar na divulgação e também para nos incentivar a trazer mais conteúdo sobre o Canadá para vocês. Se você não é inscrito no canal, inscreva-se! É gratuito e você receberá notificações do Youtube quando tiver vídeo novo no nosso canal. Ah, também não esqueça de acompanhar nossa página no Facebook pois lá postamos fotos e vídeos que não vão para o canal do Youtube. Por último, deixe seu comentário ou sua dúvida no blog, no Facebook ou no vídeo que responderemos com o maior prazer.

Até mais!

Comemorando Canada Day

Oi gente, tudo bem?

Muitas pessoas tem curiosidade de saber quais os principais feriados aqui no Canadá e se são comemorados como no Brasil.

Pois bem, um dos feriados mais importantes e comemorados aqui no Canadá é o “Canada Day”, no dia 1 de julho. Seria (mais ou menos) equivalente ao nosso 7 de setembro – Dia da Independência do Brasil.

O mais interessante é que, pelo menos na nossa cidade (São Paulo), nesse dia as pessoas não dão quase nenhuma importância ao significado e pouco comemora-se nesse dia. O que tudo mundo quer é pegar o feriadão e viajar rs

Aqui muitas pessoas viajam também, mas a comemoração da data é muito maior. As pessoas que ficam na cidade vão aos parques, se vestem com roupas vermelho e branco, pintam o rosto, andam com bandeiras do Canadá… enfim, uma verdadeira festa!

Alguns lugares concentram as maiores comemorações como o Harbourfront, Canada’s Wonderland, Dundas Square e o Queen’s Park, com a famosa “salva de 21 tiros”, que acontece pontualmente ao meio dia.

Nós fomos ao Queen’s Park (chegamos 5 minutos atrasados e perdemos os 21 tiros…buáááá) e estava bem cheio. Foi bem legal porque é um evento bem família. Tem vários quiosques com atividades para crianças e informações turísticas de Toronto. Tem uma programação de apresentações em um palco principal e um palco lateral menor. Ficamo por lá cerca de 1 hora pois soubemos que no High Park também teria algo.

Chegando no High Park nos decepcionamos um pouco, pois o evento era bem menor. Tinha um palco para apresentações, mas bem pequeno e o número de pessoas também não era tão significante. Na verdade, a maioria das pessoas estavam apenas fazendo picnic, pois o dia estava bem agradável. Ali próximo encontramos um quiosque oferecendo hot dog e refrigerante gratuito. Lógico que não era lá essas coisas (pão, salsicha e ketchup), mas para quem estava passeando e morrendo de fome, dava uma “tapeada” rs.

O importante de se lembrar é que muitas coisas fecham nos feriados por aqui e você tem que ficar atento para não passar perrengue. Todos os mercados aqui perto de casa estavam fechados, bem como a maior parte do comércio da região, mas algumas (poucas) pizzarias e cafeterias estavam abertas, então não foi desesperador.

Uma coisa bem interessante do vídeo: percebemos que muitas crianças aqui tem o costume que nós tínhamos quando éramos criança no Brasil (há muuuuuitos anos atrás hehehehe), mas que não vemos mais isso hoje em dia (pelo menos não em São Paulo): as crianças canadenses simplesmente A-M-A-M rabiscar as ruas e calçadas. Tem desenho de tudo que é tipo, além das famosas “amarelinhas” que conhecemos. Já ouvi dizer que no Dollarama até vende um giz específico para rabiscar a rua hahahah No vídeo nós flagramos as crianças rabiscando e deu uma saudade dos tempos de criança…

Bom pessoal, o vídeo é rápido porque é só um resumo do que acontece nesse dia que achamos bem interessante.

Esperamos que vocês gostem. Até mais!